Cultura

Cineasta norte-americano John Singleton morre aos 51

LOS ANGELES (Reuters) – John Singleton, que estreou como diretor com o aclamado filme “Os donos da rua”, sobre a violência de gangues em um bairro de Los Angeles, morreu nesta segunda-feira aos 51 anos, informou sua família, dias após ter sofrido um derrame.

“Estamos tristes em revelar que John Singleton morreu”, disse a família em nota. “John faleceu em paz, cercado por sua família e amigos.”

Mais cedo, a família disse ter tomado a “decisão agonizante” de retirar os aparelhos de suporte à vida de Singleton, que estava hospitalizado no Cedars-Sinai Medical Center em Los Angeles desde que sofreu um derrame no dia 17 de abril.

Singleton era natural da região centro-sul de Los Angeles, comunidade que foi o cenário de “Os donos da rua”, um drama sobre amizade em meio aos perigos da violência de gangues.

Ele se tornou o primeiro afro-americano e a pessoa mais jovem a ser indicada a um Oscar de melhor diretor aos 24 anos pelo filme que também escreveu.

Singleton depois dirigiu filmes como “Mais Velozes e Mais Furiosos” e o drama histórico “O Massacre de Rosewood”. Ele também dirigiu episódios de séries de TV como “Empire” e “Billions”.

Sua família disse que Singleton era um “prolífico e inovador diretor que mudou o cinema e abriu portas em Hollywood, um mundo que ficava a apenas alguns quilômetros de distância, e ainda assim mundos de distância da vizinhança onde cresceu”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *